Urnas eletrônicas passam por auditoria na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente | Eleições 2022 em Prudente e Região - SP


O Cartório da 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP) realizou nesta quinta-feira (29) uma auditoria nas urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições de domingo (2). A cerimônia, prevista na resolução 23.673/2021, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), comprova, na prática, a segurança do sistema de registro e autenticação de votos.

Na ocasião, membros da Magistratura, do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Polícia Federal e da Polícia Militar, além de dois cidadãos, estiveram presentes. Representantes de partidos políticos foram convidados, mas não compareceram.

Durante a auditoria, procedimentos como verificação de dados oficiais e sistemas eleitorais, bem como testes de votação, foram realizados. Os cidadãos puderam, ainda, tirar dúvidas a respeito da autenticidade das urnas eletrônicas.

A aposentada Helena Vicentini, de 62 anos, foi uma das pessoas que compareceram para verificar a autenticidade do sistema eleitoral eletrônico. Ela confessou que, diante de tudo o que presenciou ao longo da cerimônia, estará mais segura para exercer sua cidadania nas eleições.

“A gente confia que é bastante pensado e seguro, mas, como estamos num momento em que todo mundo desconfia de tudo e há muitas fake news, é importante vir comprovar. Nesta eleição, a segurança é algo importantíssimo, porque vivemos um momento crucial da história. Eu vim para realmente comprovar como a coisa é feita”, informou ao g1.
Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP)  — Foto: Bárbara Munhoz/g1

Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP) — Foto: Bárbara Munhoz/g1

Os testes foram realizados com 3% das 279 urnas disponibilizadas pela 101ª Zona Eleitoral nas eleições do próximo domingo (2). Segundo o chefe de cartório da 101ª Zona Eleitoral, Fabiano de Lima Segala, os testes demonstraram que não há com o que se preocupar, pois as urnas são totalmente seguras.

“A gente achou ótimo os eleitores participarem, porque existem pessoas falando de coisas que não sabem. Elas precisam se informar. Os eleitores que vieram estão de parabéns, porque foram bem intencionados e buscaram tirar suas dúvidas na cerimônia de auditoria que tem essa finalidade. É um procedimento realizado no Brasil inteiro. Se todos fizessem como eles, teríamos menos informações ruins circulando”, ressaltou o chefe de cartório.

Ele ainda ressaltou que a urna é uma caixa registradora que não tem conexão com a internet. Ela possui cerca de 30 aplicações de segurança para evitar violações, e seus sistemas são todos criptografados. Conforme Segala, os testes demonstraram que o sistema é íntegro e não pode ser manipulado por terceiros.

“Toda essa segurança é muito melhor do que se fosse uma apuração manual, em que você depende de um juiz eleitoral para olhar 500 votos em uma apuração. É quase impossível controlar o ser humano. Neste sentido, as urnas vão fazer aquilo para o que estão programadas”, salientou ao g1.
  • Com mais de 180 mil eleitores aptos a votar em outubro, cartórios eleitorais de Presidente Prudente iniciam preparação de urnas eletrônicas
  • Urnas eletrônicas são submetidas a verificação de autoridades na 402ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente

Já para o promotor de Justiça Mário Coimbra, o eleitor deve ter a segurança de que o candidato em que ele apostou seu voto é o mesmo que a urna colocará no sistema, segurança demonstrada na auditoria realizada nesta quinta-feira (29).

“O sistema é perfeito. Não tem como fraudar a intenção do eleitor nessa hora. O papel da reunião é mostrar a absoluta segurança da urna, no sentido de que o eleitor tenha a obrigação de votar, mas também tenha a segurança de que nós estamos em um país democrático e que as instituições funcionam”, destacou Coimbra.

Contabilizando a 101ª e a 402ª zonas eleitorais da cidade, em Presidente Prudente, o número de urnas eletrônicas disponibilizadas para votação corresponde a 562. Esse total é dividido entre 59 pontos, onde os 180.897 eleitores aptos da cidade poderão exercer seu direito de voto, no próximo domingo (2).

Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP)  — Foto: Bárbara Munhoz/g1

Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP) — Foto: Bárbara Munhoz/g1

Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP)  — Foto: Bárbara Munhoz/g1

Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP) — Foto: Bárbara Munhoz/g1

Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP)  — Foto: Bárbara Munhoz/g1

Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP) — Foto: Bárbara Munhoz/g1

Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP)  — Foto: Bárbara Munhoz/g1

Auditoria das urnas eletrônicas foi realizada na 101ª Zona Eleitoral de Presidente Prudente (SP) — Foto: Bárbara Munhoz/g1



Fonte: G1


29/09/2022 – Rádio Cidade FM

PUBLICIDADE

CONTATO

ONDE ESTAMOS

Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes – SP 457 Bastos / Iacri – KM 98 + 500Mts – CEP: 17.690-000.

© 2024 Cidade FM - Todos os Direitos Reservados.

INICIANDO...