Sesc oferece programação especial para o Dia das Crianças em Bauru | Bauru e Marília


Nesta quarta, o principal destaque é a programação infantil. Os pequenos poderão assistir a peças de teatro, prestigiar shows e até presenciar espetáculos circenses que serão apresentados na unidade (veja abaixo).

Além disso, as crianças também poderão exercitar a criatividade e expressão artística com ateliês e atividades manuais, como confecção de brinquedos de madeira e criação de cata-ventos, além de jogos envolvendo histórias e criação de narrativas orais.

Durante o mês, o Sesc também promove mais de 20 atividades recreativas e gratuitas, incluindo espetáculos teatrais, shows e oficinas de atividades manuais, com o intuito de proporcionar vivências relacionadas a elementos da cultura brasileira.

O Sesc fica na Avenida Aureliano Cardia, 6-71, e funciona de terça a sexta-feira, das 13h às 22h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (13) 3235-1750.

Confira a programação gratuita

Especial de Dia das Crianças

  • Criança e Movimento: jogos e brincadeiras

Circuito com obstáculos, desafios e brincadeiras para crianças e adultos se divertirem juntos, experimentando habilidades como correr, saltar, rolar e se expressar colaborando de maneira lúdica com o desenvolvimento.

Domingos, 10h30. Dia 12, quarta, 10h30. Sala de Práticas Corporais. De 3 a 6 anos. 15 vagas. Inscrições no horário e local da atividade.

Espaço com minijogos, desafios esportivos e circuito de habilidades para crianças e adultos jogarem e vivenciarem os gestos esportivos de diversas modalidades.

Domingos, 12h. Dia 12, quarta, 12h. Ginásio. A partir de 6 anos.

  • Circo de Dois (com Cia. Pé de Chienelo)

A Palhaça Jirda acredita, de fato, ser a maior artista de todos os tempos, e para realizar grandiosos números ela contará com a ajuda de nada mais nada menos que o seu grande ajudante, Bisgoio, que é o “pau pra toda hora”, que mais atrapalha do que ajuda. Eles chegam para apresentar aquele que será o maior espetáculo que já existiu, a consagração dessa grande dupla.

Criação, direção e atuação: Neto Donegá e Luciana Donegá. 50 minutos.

Dia 12, quarta, 14h. Ação externa. Bauru Shopping (Rua Henrique Savi, 15- 55). Livre.

  • Covilzinho: Jogos e Brincadeiras

Espaço lúdico que reúne jogos de tabuleiro novos e clássicos, brincadeiras, desafios e atividades para crianças de todas as idades.

Dia 12, quarta, 14h às 18h. Convivência. Livre; crianças menores de 6 anos acompanhadas de um adulto responsável. Inscrições no horário e local da atividade.

  • Brincando com Cata-ventos (com Bruno Müller, educador de Tecnologias e Artes do Sesc)

Aprenda dobras básicas de cata-ventos tradicionais, que podem ser decorados com desenhos e cores para ficar com a sua cara.

Dia 12, quarta, 15h às 18h. Espaço de Tecnologias e Artes. Livre; menores de 12 anos acompanhados de um adulto responsável.15 vagas. Inscrições no horário e local da atividade.

  • Criação de brinquedos de madeira (com Carol Panini, designer e artesã criadora do projeto Caçambaria)

Aprenda a confeccionar um boneco, personagem ou até mesmo um animalzinho utilizando toquinhos de madeira, tintas e muita criatividade.

Dia 12, quarta, 15h. Sala de Múltiplo Uso 4. Livre. Inscrições no horário e local da atividade.

  • Os Mequetrefe (com Parlapatões)

Quatro palhaços que, não por acaso se chamam Dias, vivem a jornada de um longo e divertido dia. Do despertar à hora de ir dormir, revelam como a desconstrução da lógica cotidiana pode abrir espaço para outras maneiras de encarar a vida. Vivendo situações bem comuns, esses cidadãos nada comuns provocam uma série de confusões tão hilárias quanto poéticas.

Roteiro: Hugo Possolo. Direção: Alvaro Assad. Elenco: Raul Barretto, Hugo Possolo, Fabek Capreri, Alexandre Bamba e Tadeu Pinheiro. 50 minutos.

Dia 12, quarta, 16h30. Praça de Convivência. Livre.

  • Praça esportiva – Brincadeiras tradicionais

Vivência com cordas, petecas, bolas e outros materiais, que mantém ativa a tradição das brincadeiras de rua e a interação entre os participantes. 

De 2 a 30, domingos, 16h30. Dia 12, quarta, 16h30. Praça de Convivência . A partir de 6 anos 

  • Covil – Jogos de Tabuleiro

Espaço aberto com jogos de tabuleiro clássicos e modernos para aprender e jogar. Jogos com diversos temas, complexidades e durações voltados para idades variadas. Você também pode trazer seu próprio jogo e amigos para jogar junto.

Quartas, 18h às 20h. Sextas, 14h às 18h. Espaço de Tecnologias e Artes. A partir de 10 anos.

  • Explorando Materiais e Técnicas Artísticas (com Bruno Müller, educador de Tecnologias e Artes do Sesc)

Curso livre de experimentação guiada a partir de materiais artísticos diversos, compartilhando técnicas, curiosidades e referências de repertório para criação individual. A cada encontro, novos materiais expressivos são apresentados e discutidos.

Até dia 25, às terças, 14h às 17h. Espaço de Tecnologias e Artes. A partir de 12 anos. Inscrições no horário e local da atividade.

  • Primeiros passos na modelagem 3D usando o Tinkercad (com Diego Pessoa, educador de Tecnologias e Artes do Sesc)

Comece a pensar e projetar em 3D utilizando o programa Tinkercad, e aprenda sobre as formas primitivas e a interface do programa, como movimentar e combinar essas formas e ferramentas para facilitar os nossos projetos.

De 14/10 a 4/11, 19h às 21h. Espaço de Tecnologias e Artes. A partir de 14 anos. Inscrições no horário e local da atividade.

  • Samba Rural (com Mestre Cláudio e treinéis: Orikerê, Onirê, Hulluca, Rita e Pirata)

A apresentação traz um resgate do cotidiano agrícola por meio de cantos típicos da Região Nordeste do Brasil, conhecidos como aboio, e das cantigas relacionadas ao trabalho nas lavouras de agricultura familiar. Uma das práticas culturais presentes nas festas de capoeira dos Angoleiros do Sertão é a saída do Boi, um brinquedo popular com elementos da cultura rural. Essa apresentação também marca o nascimento do boi na cidade de Bauru, junto ao grupo de capoeira.

Dia 15, sábado, 16h. Praça de Convivência. Livre.

  • Yoga Nidra (com Marielle Graeff Muta, profissional de Educação Física e professora de yoga)

Prática que inclui posturas e exercícios respiratórios que possibilitam atingir um estado profundo de relaxamento, sem adormecer. Também conhecida como sono consciente, sua vivência auxilia em distúrbios do sono, regulação das emoções e melhora da saúde e bem-estar do indivíduo.

Domingos, 10h30. Ginásio. A partir de 12 anos. 60 vagas. Inscrições pelo site. Recomenda-se trazer seu tapete de yoga.

  • Capoeiragem: movimentação e musicalidade (com Contramestre Tico)

Movimentação de base da capoeira angola para iniciantes e não-iniciantes, possibilitando uma melhor compreensão do seu próprio corpo, a partir da ginga e seus diversos eixos, com características da Escola Angoleiros do Sertão.

Sábados, 15h às 16h. Exceto dia 15/10. Sala de Práticas Corporais. A partir de 16 anos. 20 vagas.

  • Capoeiragem: roda de capoeira (com Mestre Cláudio e treinéis: Rita e Hulluca)

Roda de capoeira angola que traz a experiencia da movimentação, musicalidade e ritualidade possibilitando o despertar do próprio corpo por meio de movimentos básicos como a ginga, esquiva, rabo de arraia e negaça.

Dia 14, sexta, 19h30 às 21h30. Convivência. A partir de 8 anos.

  • Capoeiragem na Comunidade: Vila de Sucesso (com Mestre Cláudio e treinéis: Onirê e Pirata)

Espaço de prática e troca de experiências sobre a capoeira angola. Sob o comando de lideranças pretas da periferia de Feira de Santana (BA) e Bauru, a oficina de movimentação e roda de capoeira evidenciam a questão da representatividade em lugares de decisão e liderança.

Dia 15, sábado, 9h30 às 11h30. Centro Comunitário Ferradura Mirim (Rua Doze, 2-03, Vila do Sucesso). A partir de 8 anos.

  • Circularidade, oralidade e escuta: valores ancestrais nas narrativas pretas

A roda traz a circularidade, a renovação, o processo e a coletividade por meio das experiências de atuação de representatividades socioculturais. O diálogo e o contato como valores ancestrais dos participantes reúnem diferentes pontos de vista que contribuem para transformações sociais. Com intervenção artística de rap inédito com Mina Min.

Com Palmira Souza, representante do Ilê Asé Odè Arofalande; Solange Couto, Conselheira Estadual da Cultura da Bahia; e Mestre Claúdio, Angoleiros do Sertão. Mediação: Juarez Xavier, jornalista).

Dia 15, sábado, 14h às 16h. Auditório. A partir de 16 anos.

  • Boizinho (com oficineiro Momo)

Oficina de confecção coletiva de boizinho que representa o símbolo do Bumba Meu Boi, uma celebração que mistura fé, festa e arte. A proposta da Oficina de Boizinhos, é, juntamente com as crianças, confeccioná-los artesanalmente de forma coletiva e proporcionar uma vivência brincante por meio da música percussiva e dinâmicas coletivas em roda.

Dia 15, sábado, 14h às 15h30. Praça de Convivência. A partir de 6 anos. 20 vagas. Inscrições na hora e local da atividade. Vagas limitadas.

  • Banda Baleia Banguela – Show “Pula, estica”

A banda Baleia Banguela, projeto da Cia. Navega Jangada, traz um espetáculo musical de releituras que abrangem diferentes décadas, artistas e ritmos, que possibilitem o movimento. Um show para se assistir preferencialmente de pé, puxando pai, mãe, vó, tio, tia, todo mundo para pular até suar.

Com Caio Merseguel (vocal), Rita Gutt (vocal), Thiago Mota (guitarra), Thiago Pires (baixo), Gustavo Lamonier (teclado), Pedro Paiva (bateria). 60 minutos.

Dia 16, domingo, 16h30. Convivência. Livre.

  • Pequenos arteiros (com Paula Brait, educadora do Espaço de Brincar do Sesc)

Espaço dedicado à expressão artística através da experimentação de materiais como canetinhas, lápis de cor, tinta, papeis, entre outros, para os pequenos exercerem a criatividade.

Sábados, 16h30 às 18h. Hall do Espaço de Brincar. Livre; crianças até 10 anos acompanhadas por um adulto responsável. Inscrições no horário e local da atividade.

  • Trilha Literária (com Crialudis)

A partir do envolvimento das crianças pelo lúdico, o grupo reúne jogo e histórias para desenvolver uma trilha literária. Com um tabuleiro gigante, esse jogo possibilita uma brincadeira com diversos clássicos da literatura infanto-juvenil. O objetivo é que crianças e jovens possam se aventurar pelo reino do faz-de-conta enquanto brincam e se divertem.

Dia 16, domingo, 15h às 18h. Espaço de Leitura. Livre.

  • Catapulta de palitos (com Diego Pessoa, educador de Tecnologias e Artes do Sesc)

Itens do dia a dia se unem para formar uma catapulta que usa a física para transformar a energia potencial em movimento e lançar bolinhas de papel com distância e precisão.

Dia 16, domingo, 15h às 18h. Espaço de Tecnologias e Artes. Livre. 16 vagas. Inscrições no horário e local da atividade.

  • Fábrica de Histórias (com Crialudis)

Um jogo literário que tem como principal objetivo despertar a potencialidade criativa e a imaginação de jovens, crianças e adultos, facilitando um processo de criação coletiva de narrativas orais.

Dia 15, sábado, 15h às 18h. Espaço de Leitura. Livre.

  • Navegação digital segura para pessoas idosas (com Bruno Müller, educador de Tecnologias e Artes do Sesc)

Conversar por aplicativos não é exatamente como falar ao vivo com alguém: uma série de práticas diferem da fala presencial. O objetivo das aulas é o de falar sobre comunicação assíncrona, recursos de compartilhamento de arquivos e links da internet, com foco na segurança e na privacidade online. Os encontros são fundamentados em exemplos e no diálogo com o grupo por meio de troca de experiências. Os participantes devem ter smartphones Android com acesso à internet.

Até dia 20, às quintas, 13h30 às 15h30. Espaço de Tecnologias e Artes. A partir de 60 anos. Inscrições no horário e local da atividade. Atividade sequencial.

  • Por dentro do smartphone: tira-dúvidas (com Bruno Müller, educador de Tecnologias e Artes do Sesc)

Momento para troca de informações sobre o uso do smartphone e para esclarecimento de dúvidas específicas sobre aplicativos para o público idoso.

Até dia 27, às quintas, 16h30 às 18h. Espaço de Tecnologias e Artes. A partir de 60 anos. Inscrições no horário e local da atividade.

Confira mais notícias do centro-oeste paulista



Fonte: G1


12/10/2022 – Rádio Cidade FM

PUBLICIDADE

CONTATO

ONDE ESTAMOS

Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes – SP 457 Bastos / Iacri – KM 98 + 500Mts – CEP: 17.690-000.

© 2024 Cidade FM - Todos os Direitos Reservados.

INICIANDO...