Índice Rápido para o Aedes aegypti é realizado em cerca de 3 mil imóveis, em Presidente Prudente | Presidente Prudente e Região


A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) iniciou, nesta segunda-feira (3), o Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa) em, no mínimo, 3.140 imóveis, em Presidente Prudente (SP).

O recolhimento de dados, realizado neste mês de outubro, tem o objetivo de identificar o percentual de infestação do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya.

Conforme a supervisora da Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM), Elaine Bertacco, em Presidente Prudente, serão vistoriados pelo menos 3.140 imóveis, divididos em sete zonas.

  • Área 1: 600;
  • Área 2: 500;
  • Área 3: 600;
  • Área 4: 600;
  • Área 5: 600;
  • Área 6: 380;
  • Área 7: 460.
“Nós só não vamos nos distritos. São mais de 200 bairros que nós temos. Como é um sorteio, então são todos os bairros. Nós fazemos este sorteio por área. Sempre fazemos um sorteio a mais, porque sempre tem casas fechadas. Então, nós temos que chegar a 3.140. Podemos passar deste número, mas não podemos fazer menos“, complementou Elaine ao g1.

Elaine também falou sobre a diferença entre o LIRAa e os demais levantamentos realizados pelo município.

“Nós pactuamos, junto ao ministério, de três a quatro avaliações por ano. Só que o LIRAa, como ele é nacional, os municípios prioritários têm que realizar no mês de outubro. Então, o Brasil está realizando no mês de outubro. Nós temos que realizar tanto a parte de campo, quanto finalizar a parte de digitação”, detalhou a supervisora ao g1.

A supervisora informou que o agente irá adentrar nas residências e inspecionar os 40 tipos de recipientes que estão no boletim, como calhas, vasos, recipientes removíveis e não removíveis. Elaine também relatou que as larvas colhidas são enviadas para o laboratório e uma avaliação é feita para concluir qual o tipo.

“Depois, todos estes dados são condensados numa planilha, e aí sim são ferramentas para que o município possa desenvolver as suas ações. O ministério também tem acesso para que ele também possa desenvolver e articular as ações. É um levantamento super valioso para o município e para o ministério para que a gente possa desenvolver as intervenções“, concluiu a supervisora ao g1.

Este levantamento larval será o terceiro realizado pelo município em 2022. Em fevereiro, foi realizado o primeiro Índice Breteau (IB). O segundo, por sua vez, foi feito em julho.

Presidente Prudente já registrou 7.117 casos positivos de dengue e cinco óbitos, além de 277 casos em investigação e 6.548 descartados em 2022.

Secretaria Municipal de Saúde iniciou o Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti em Presidente Prudente (SP) — Foto: Marcos Sanches/Arquivo

Secretaria Municipal de Saúde iniciou o Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti em Presidente Prudente (SP) — Foto: Marcos Sanches/Arquivo



Fonte: G1


04/10/2022 – Rádio Cidade FM

PUBLICIDADE

CONTATO

ONDE ESTAMOS

Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes – SP 457 Bastos / Iacri – KM 98 + 500Mts – CEP: 17.690-000.

© 2024 Cidade FM - Todos os Direitos Reservados.

INICIANDO...