Homem é multado em R$ 10 mil por matar onça-parda com espingarda em Gália | Bauru e Marília


A Polícia Ambiental multou em R$ 10 mil, nesta segunda-feira (10), um morador da zona rural de Gália (SP) suspeito de matar a tiro uma onça-parda, ameaçada de extinção, na zona de amortecimento da Estação Ecológica Caetetus.

Uma espingarda calibre 32, carregada com um cartucho intacto, e sem registro, foi encontrada debaixo da cama do suspeito. Houve ainda apreensão de 18 cartuchos, dois fracos contendo chumbos, 73 espoletas e um socador de pólvora.

Os policiais estiveram no sítio, localizado no bairro da Onça, após denúncia sobre a morte do animal no local. Imagens do felino morto passaram a circular nas redes sociais e chegaram ao conhecimento das autoridades.

Foto da onça-parda morta em Gália em circulação na internet  — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

Foto da onça-parda morta em Gália em circulação na internet — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

O homem foi questionado, segundo a versão oficial, e acabou confessando ter matado a onça com um tiro de espingarda, pois suas galinhas criadas no quintal estavam sendo devoradas pelo animal. A onça-parda foi encontrada enterrada na propriedade.

Os policiais utilizaram enxadas para remover a terra. O corpo do animal, que já estavam em fase adulta, estava em decomposição.

O suspeito foi apresentado na Central de Polícia Judiciária (CPJ), mas não consta o encaminhamento dado a ele após o registro da ocorrência.

Arma e outros equipamentos apreendidos na zona rural de Gália — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

Arma e outros equipamentos apreendidos na zona rural de Gália — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

Confira mais notícias do centro-oeste paulista



Fonte: G1


11/10/2022 – Rádio Cidade FM

PUBLICIDADE

CONTATO

ONDE ESTAMOS

Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes – SP 457 Bastos / Iacri – KM 98 + 500Mts – CEP: 17.690-000.

© 2024 Cidade FM - Todos os Direitos Reservados.

INICIANDO...