Homem é autuado em R$ 1,5 mil por manter aves silvestres em cativeiro em Tupi Paulista | Presidente Prudente e Região


Um homem, de 87 anos, foi autuado pela Polícia Ambiental, nesta sexta-feira (16), por manter três aves silvestres em cativeiro, no Centro de Tupi Paulista (SP).

Segundo os policiais, o Auto de Infração Ambiental, no valor de R$ 1, 5 mil, foi aplicado após os agentes constatarem que as aves das espécies coleirinho papa-capim, saíra e papagaio-verdadeiro eram mantidas em cativeiro de forma irregular, em gaiolas individuais e sem anilhas de identificação.

Ainda de acordo com a corporação, após triagem, foi constatado o bom estado dos animais e das condições sanitárias. As aves coleirinho papa-capim e saíra foram soltas às margens do Ribeirão Marrecas, retornando ao seu habitat natural.

Já o papagaio-verdadeiro, permaneceu com o homem, pelo fato de estar domesticado e, no momento, não haver local autorizado disponível para destiná-lo.

O auto foi elaborado com base no artigo 25 da Resolução SIMA 05/2021 que dispõe sobre “matar, perseguir, caçar, apanhar, coletar ou utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida”.

Aves eram mantidas em cativeiro por homem, de 87 anos, em Tupi Paulista (SP) — Foto: Polícia Ambiental

Aves eram mantidas em cativeiro por homem, de 87 anos, em Tupi Paulista (SP) — Foto: Polícia Ambiental



Fonte: G1


17/09/2022 – Rádio Cidade FM

PUBLICIDADE

CONTATO

ONDE ESTAMOS

Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes – SP 457 Bastos / Iacri – KM 98 + 500Mts – CEP: 17.690-000.

© 2024 Cidade FM - Todos os Direitos Reservados.

INICIANDO...