Fernando Haddad participa de entrevista ao vivo no TEM Notícias | Eleições 2022 em Sorocaba e Jundiaí - SP


O TEM Notícias realiza entrevistas com os candidatos a governador de São Paulo mais bem colocados nas pesquisas.

A ordem das entrevistas foi definida por sorteio e o candidato do PT, Fernando Haddad, foi o entrevistado desta quinta-feira (22). Na quarta (21), o entrevistado foi Tarcísio de Freitas (Republicanos) e, na sexta (23), será Rodrigo Garcia (PSDB).

O tempo total da entrevista é de 15 minutos. No final, o candidato tem um minuto para fazer as considerações finais. A íntegra da entrevista está no vídeo acima.

Sabatina TEM Notícias: Fernando Haddad fala sobre despoluição do rio Tietê

Sabatina TEM Notícias: Fernando Haddad fala sobre despoluição do rio Tietê

TEM Notícias: Candidato, hoje é dia do rio Tietê. Segundo a ONG Mata Atlântica, a mancha de poluição aumentou mais de 40%. E quando o assunto é esse, promessas não faltam por parte de todo candidato ao governo do estado, mas a solução não vem. O senhor já tem algum estudo e alguma estimativa de quanto custa despoluir o rio?

Fernando Haddad: 40% a mais de mancha de poluição em apenas um ano. O que eu quero fazer? A Sabesp tem dois projetos em curso: manter como está ou vender. E eu não pretendo nem manter como está, e nem vender. O que eu quero fazer são mais parcerias com o setor privado, sem que o estado perca o controle acionário pra não onerar o consumidor de água. O problema da venda da Sabesp é que isso vai impactar diretamente a conta de água de famílias que não estão conseguindo chegar no final do mês, que não estão conseguindo quer pagar alimentação dos seus filhos. Então nós não vamos privatizar. Mas a Sabesp precisa ser dinamizada, e ela vai ser dinamizada com parcerias com o setor privado. Então se eu for eleito governador, nós vamos dinamizar as parcerias em todas as regiões do estado. Lembrando que a poluição que chega aqui começa no alto, lá em Guarulhos, Mogi das Cruzes. Pra chegar aqui, o trabalho tem que começar lá e vir ao longo de toda a extensão da mancha de poluição, pra que a gente tenha finalmente o rio Tietê de volta aos paulistas. Eu sou neto de um nadador do rio Tietê. Meu avô nadava no rio Tietê há cem anos. Hoje você não vê quase nenhum peixe lá. Então Sabesp é a solução. A Sabesp estatal aberta para parcerias com empresas público privadas.

Sabatina TEM Notícias: Fernando Haddad fala sobre o combate ao crime organizado

Sabatina TEM Notícias: Fernando Haddad fala sobre o combate ao crime organizado

TEM Notícias: Candidato, o interior tem sofrido com a violência. Quadrilhas atacam shoppings e invadem cidades para roubar bancos, como foi o caso de Araçatuba. Duas pessoas morreram e outras foram usadas como escudo humano. Jundiaí enfrenta roubos de carga por ser um polo logístico. O senhor tem algum plano para combater o crime organizado e melhorar a segurança pública no estado?

Fernando Haddad: O que nós vamos fazer em relação à segurança pública? Nós temos que combinar o policiamento extensivo da Polícia militar com a polícia investigativa da Polícia civil. E essa integração não acontece hoje. Na Polícia militar nós vamos ter a base no primeiro círculo de segurança, o policiamento a pé e de bicicleta no segundo círculo de segurança e, no terceiro círculo de segurança, o policiamento motorizado. Onde vai ser a base? A base será onde acontecem o maior número de ocorrências. Pra isso, eu tenho que combinar com a investigação. Não adianta eu prender em flagrante e não dar sequência nessa investigação, porque a partir da investigação que eu chego no andar de cima da organização criminosa. Vou dar um exemplo: carros, motos e celulares furtados. Onde eles vão parar? Eles vão parar exatamente nos receptadores. A Polícia Militar consegue pegar em flagrante o ladrão, mas ela não chega no receptador. Por que? Porque falta um elo dessa cadeia, que é justamente a investigação. Outro problema é que o estado não faz concurso pra investigador. Nós estamos há anos sem concurso público. O que está acontecendo hoje é que por falta de concurso do policial militar e policial civil, os prefeitos estão se vendo obrigados a contratar lá da Civil pra fazer policiamento de Polícia Militar. Isso é inadequado. Hoje há a pressão no congresso para transformar a guarda civil em Polícia porque o governador não contrata. Então, nós temos que tomar providência de contratar policiais civis, delegados e investigadores. Aí você chegando no andar de cima do crime organizado, você desbarata quadrilha. Se você fizer o que está sendo feito hoje, você vai estar enxugando gelo.

Sabatina TEM Notícias: Fernando Haddad fala sobre propostas de governo

Sabatina TEM Notícias: Fernando Haddad fala sobre propostas de governo

TEM Notícias: Pesquisas de intenção de voto mostram o senhor na liderança. Ao mesmo tempo, o senhor também lidera em rejeição. O PT nunca governou São Paulo. Como convencer o eleitor que o senhor tem que ser o governador de São Paulo?

Fernando Haddad: A pergunta é excelente. O que que nós fizemos? Eu estou com uma larga margem de intenção de voto na capital, que eu governei por quatro anos. Lá eu estou liderando com folga e ganharia no primeiro turno se a eleição fosse na capital. Nós ainda temos o desafio do interior. O que que nós fizemos? Nós ampliamos a nossa aliança com dois e governadores: o Geraldo Alckmin, que ganhou cinco eleições, duas como vice-governador e três como governador, e o Márcio França, que sucedeu Geraldo Alckmin quando ele foi disputar a Presidência da República. Eu penso que com essa equipe técnica nós conseguimos formular o melhor programa de governo dessa eleição, com os técnicos e as lideranças necessários para gente implementar esse plano de governo. Então quem quer conhecer melhor o nosso plano de governo, além do que o horário eleitoral permite veicular, basta entrar nas nossas páginas pra verificar o que nós estamos propondo pra todo o interior. Metade da minha família é do interior, metade da minha família é da capital. Eu sou filho de imigrantes. Os meus tios e meu pai vieram do Líbano pra cá nos anos 40. Então, metade da família ficou em Votuporanga, Andradina, Monte Alto… E metade foi pra capital. Então eu conheço o interior de desde criança de visitar, e sei do potencial que o interior tem. Potencial que tá sendo desindustrializado pelo atual governo. Nós estamos perdendo empregos. E nós precisamos industrializar o estado de São Paulo. Aqui mesmo na região de Sorocaba, empresas como a Mercedes Benz, Toyota, e outras, deixaram o estado. Se eu assumir o governo do estado, nós vamos reindustrializar e gerar emprego de qualidade.”

TEM Notícias: Se o candidato do senhor à presidência não for eleito e o senhor vencer as eleições em São Paulo, como vai se relacionar com um presidente que não seja do seu partido?

Fernando Haddad: Eu nunca agi de forma não republicana com uma pessoa de um partido diferente. Vou dar um exemplo concreto: fui Ministro da Educação por sete anos. Fiz os maiores programas de expansão da educação superior, da educação profissional e da educação infantil da história do Brasil. Pergunte a um único prefeito dos 645 municípios do meu tempo de ministro se ele assinou ou não um convênio comigo. Eu assinei convênio com 645 prefeitos do estado de São Paulo nos sete anos que permaneci à frente do Ministério da Educação. Ministério que tinha 100 bilhões de orçamento e nenhum escândalo. Sempre o dinheiro chegava na ponta, onde a população precisava. Eu vou agir de forma republicana. Eu nunca perguntei para o prefeito, para o governador, para o presidente de que partido são. Atrás do político tem uma população esperando providências da classe política e eu não faltarei ao meu compromisso público.

Nesta quinta-feira (22), antes de participar da entrevista na TV TEM em Sorocaba, o candidato também concedeu entrevista a uma rádio e participou de uma sabatina.

Depois, Haddad visita a fábrica GK (antiga Syl Pastilhas de Freios) e faz uma caminhada com concentração na Praça Coronel Fernando Prestes, em Sorocaba.

Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí



Fonte: G1


22/09/2022 – Rádio Cidade FM

PUBLICIDADE

CONTATO

ONDE ESTAMOS

Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes – SP 457 Bastos / Iacri – KM 98 + 500Mts – CEP: 17.690-000.

© 2024 Cidade FM - Todos os Direitos Reservados.

INICIANDO...