Câmara de Marília rejeita contas da prefeitura dos anos de 2010 a 2012 | Bauru e Marília


Os vereadores da Câmara de Marília (SP) concordaram com o parecer do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) e rejeitaram, na segunda-feira (26), as contas da prefeitura entre os anos de 2010 e 2012. O período diz respeito à gestão do ex-prefeito Mário Bulgarelli.

Anteriormente, o TCE-SP havia emitido parecer desfavorável à aprovação das contas do município relativas ao exercício fiscal de 2010, 2011 e 2012, anos em que a administração pública esteve sob responsabilidade de Bulgarelli.

Na sessão ordinária de segunda, os parlamentares concordaram, por unanimidade, com o pronunciamento do órgão. O resultado será enviado para o Ministério Público (MP) e pode tornar o ex-prefeito inelegível.

Em 2018, Bulgarelli foi condenado por improbidade administrativa e ficou proibido de exercer qualquer atividade política por oito anos. Na época, foi acusado de realizar pagamentos irregulares aos secretários enquanto era prefeito da cidade.

No mesmo ano, ele chegou a se lançar como candidato a deputado federal, mas foi julgado inapto pela Justiça Eleitoral.

O g1 tentou contato com Bulgarelli, mas não houve retorno até o fechamento desta reportagem.

Em 2018, Bulgareli foi condenado por improbidade administrativa — Foto: Reprodução/Arquivo/TV TEM

Em 2018, Bulgareli foi condenado por improbidade administrativa — Foto: Reprodução/Arquivo/TV TEM

Confira mais notícias do centro-oeste paulista



Fonte: G1


27/09/2022 – Rádio Cidade FM

PUBLICIDADE

CONTATO

ONDE ESTAMOS

Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes – SP 457 Bastos / Iacri – KM 98 + 500Mts – CEP: 17.690-000.

© 2024 Cidade FM - Todos os Direitos Reservados.

INICIANDO...