Rádio Cidade FM 91,5

Tupãense de 21 anos morre baleado após agredir PM em Marília



Claudio da Silva Alves, de 21 anos de idade, natural de Tupã, que residia no Distrito de Lácio, em Marília, morreu na manhã deste domingo, 27, após ser baleado por um policial militar.
 
Segundo apurado, o rapaz estaria perto do viaduto do Campus Universitário (Unesp), sobre a Rodovia do Contorno e, armado com uma faca, tentava de matar. Chamada para evitar o suicídio, uma equipe da Polícia Militar foi até o local.
 
Na chegada, totalmente transtornado, o jovem já teria, com uma faca na mão, ‘pulado na frente da viatura’ e assim que a equipe iniciou as negociações, atacado violentamente um sargento, desferindo socos e chutes e tentado tirar-lhe a arma de uso oficial, momento em que foi baleado por outro policial.
 
Conforme parte da imprensa local, o policial atacado sofreu uma fratura no rosto, além de vários outros ferimentos, vítima de socos e chutes de agressor, e foi levado inconsciente para o Hospital de Clínicas (HC) onde até as 14h seguia internado (sem informação atualizada do quadro de saúde).
 
Claudio ainda foi socorrido pelo Resgate dos Bombeiros, teria sofrido duas paradas cardíacas, sido reanimado e operado, vindo a óbito por vota das 10h.

O corpo de Cláudio está sendo velado na sala 1 do Velório Municipal de Marília e o sepultamento está previsto para as 13h30 desta segunda-feira (28), no Cemitério da Saudade. (Foto: Reprodução CNH - MN)

Fonte: Nilton Mendonça - MTb: 32.737/SP - Rádio Cidade

Mural de Recados - Rádio Cidade