Rádio Cidade FM 91,5

PM Rodoviária realiza “Operação Rodovias Mais Seguras” nesta quinta-feira



A 2ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária realiza durante as 24 desta quinta-feira (31) mais edição da  “Operação Rodovias Mais Seguras”, nos 1.344 km de rodovias que atendem 56 municípios das regiões de Presidente Prudente, Dracena, Adamantina e Presidente Venceslau. A operação tem início 0h01 e segue até 23h59.

Segundo nota à imprensa expedida pela corporação, o efetivo da PM Rodoviária permanecerá em regime especial de trabalho, com redução de folgas e emprego do efetivo administrativo, potencializando a ação ostensiva, atuando de forma estratégica em locais e conforme o volume de tráfego e índices de vulnerabilidade.

Em todo o Estado de São Paulo, serão em média 1.352 homens e mulheres empregados de forma estratégica em toda malha viária paulista, em diversos pontos de fiscalização. O efetivo de serviço contará ainda, com o monitoramento por câmeras das concessionárias de rodovias, etilômetros (bafômetros), radares (portáteis e móveis) para aferição de velocidade, binóculos para a fiscalização de infrações em movimento, entre outros equipamentos.

No total, a Polícia Militar empenhará um efetivo médio de 17 mil Policiais Militares, englobando todas as suas modalidades de policiamento ostensivo, na preservação da ordem pública. 

Focos da operação

A “Operação Rodovias Mais Seguras” ocorrem em alinhamento à “Década de Ações para a Segurança no Trânsito” – ONU (2011 – 2020) e ao “Movimento Paulista de Segurança no Trânsito”, cuja proposta é reduzir em 50% os acidentes de trânsito em todo o mundo, em alinho à política do Governo do Estado de tolerância zero contra a criminalidade, para proteger a população.

A atuação do Policiamento Rodoviário também não se descuidará da segurança viária, com o objetivo de sedimentar um trânsito cada vez mais seguro, consciente e humanizado. Nesse desafio, a corporação tem intensificado as operações de fiscalização de trânsito, verificando principalmente o excesso de velocidade, a embriaguez na condução dos veículos, as ultrapassagens proibidas, o uso de cintos de segurança e dos dispositivos de retenção para crianças, o uso do celular (smartphone) ao volante, além do uso de capacetes por motociclistas, sem se descuidar de outras questões envolvendo as normas de trânsito, contribuindo, desta forma, com a redução de mortes no trânsito, a fim de atingir a meta de diminuição em 50%, conforme preconizado pela ONU.  

 
Fonte: Siga Mais

Mural de Recados - Rádio Cidade