Rádio Cidade FM 91,5

PRE apreende 374 kg de maconha trazida do Paraguai em Rosana



A ocorrência com a apreensão de mais 474 kg de maconha começou nesta segunda-feira, 28, as 13h30, no Km 76 da rodovia Arlindo Bétio (SP-613), território do município de Rosana (SP).
 
Durante fiscalização de rotina visando o combate ao tráfico de drogas e outros ilícitos administrativos e penais, policiais rodoviários pararam para abordagem um automóvel Hyundai HB20MS, na cor Prata, ano 2014, com placas do município de Londrina (PR) e durante vistoria veicular localizaram 374,900 Kg maconha escondidos no veículo, distribuídos em 407 tabletes.
 
No porta-luvas do carro também havia uma arma de fogo do tipo Pistola, da marca Taurus, calibre .380 carregada com 15 munições intactas.
 
Dublê
 
Ainda em vistoria veicular, a equipe constatou que a numeração do chassi do automóvel em questão divergia daquela que estava nos vidros e etiquetas, o que levou a constatação, após pesquisa mais apurada, de trata-se o veículo é ‘dublê’ de outro com placas de Brasília (DF).
 
O indiciado contou aos policiais que que foi contratado por R$ R$ 10 mil, para buscar a droga no Paraguai (sem informar a cidade) e levar até Diamante do Norte (PR). Levado para a Delegacia da Polícia Federal de Presidente Prudente, foi autuado por tráfico internacional de drogas e porte ilegal de armas.
 
A adolescente foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Rosana, onde a autoridade de polícia judiciária de plantão ratificou a voz de apreensão, acionou o Conselho Tutelar e a apreendeu para posterior apresentação junto a Vara da Infância e Juventude.
 
Quase 2 Kg de Cocaína
 
Na mesma região de Presidente Prudente, a Polícia Rodoviária apreendeu, na madrugada desta terça-feira (29), 1,960 Kg de cocaína.
 
A droga foi encontrada na bagagem de uma mulher de 19 anos, moradora de Pontes e Lacerda (MT), no interior de um ônibus de linha regular com Itinerário Ponta Porã (MS) à São Paulo (SP) e que foi parado durante fiscalização de rotim, as 5h15 no Km 641 da rodovia Raposo Tavares (SP-270) em Presidente Venceslau.
 
A acusada de tráfico admitiu que comprou a droga no Paraguai e foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Presidente Venceslau (SP), sendo recolhida à carceragem da cadeia pública, aguardando audiência de custódia. (Foto: Cedida pela Polícia Rodoviária Estadual)
 
Fonte: Nilton Mendonça - MTb: 32.737/SP - Rádio Cidade

Mural de Recados - Rádio Cidade