Rádio Cidade FM 91,5

Morador de Feijó se mata na SP-270 após assassinar a mulher a facadas



O último sábado do ano foi marcado por uma dupla tragédia na cidade de Regente Feijó (SP), com mais um assustador caso de homicídio seguido de suicídio por motivos passionais.
 
A primeira morte foi registrada pela Polícia Militar (PM) como feminicídio, por volta das 16h10, à rua Jose Gualdi, 200, Jardim Bela Vista, onde Diandra Fernandes dos Santos, de 22 anos, teria disso assassinada a golpes de faca por Genivaldo da Silva Santos de idade não divulgada.
 
Conforme nota da PM, o Centro de Operações (Copom) “irradiou que um homem havia esfaqueado a esposa”, e no endereço a equipe da viatura “18302 encontrou a mulher, já sem vida em via pública”.
 
Conforme a corporação, testemunhas relataram que “as brigas entre o casal eram constantes” e havia até notícia “de existência de medida protetiva, mas parece que estavam novamente sob o mesmo teto... a mulher foi golpeada no interior do quintal, caminhou até a rua e ali caiu”, concluiu a nota
 
SUICÍDIO
 
Ato contínuo ao crime, Genivaldo teria saído do local em um veículo Voyage e entrado na rodovia Raposo Tavares (SP-270) “pela contramão de direção, projetando o veículo contra um caminhão que vinha no sentindo oposto”.
 
O condutor do caminhão (que não teve dados pessoais tornados públicos) teria dito que tentou desviar, “mas o homicida/suicida redirecionava o carro alcançando seu intuito”.
 
A colisão frontal proposital aconteceu na altura do km 553 da Raposo, município de Regente Feijó (SP).
 
Até as 9h15 deste domingo, 29, a Polícia Rodoviária não havia divulgado os dados finais da ocorrência. (Foto: Cedida pela Polícia Militar Rodoviária)
Fonte: Nilton Mendonça - Da Redação

Mural de Recados - Rádio Cidade