Apesar da pandemia, cresce a expectativa de vida dos brasileiros



R7, em Brasília Em 80 anos, a expectativa de vida do brasileiro cresceu 31,3 anos

Apesar da crise sanitária provocada pela pandemia de Covid-19, a expectativa de vida dos brasileiros cresceu em 2020. Passou de 76,6 em 2019 para 76,8 no ano passado, um aumento de dois meses. Desde 1940, a esperança de vida no Brasil melhorou em 31,3 anos. Uma pessoa nascida no país em 2020 tinha expectativa de viver, em média, até os 76,8 anos. 

Os dados são da Tábua Completa de Mortalidade, divulgada nesta quinta-feira (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e  Estatística (IBGE) e publicada no Diário Oficial da União.

As informações fornecidas pelo estudo, que é publicado anualmente, servem de parâmetro para determinar o fator previdenciário no cálculo das aposentadorias do Regime Geral de Previdência Social.

Em 1940,  a esperança de vida era de 45,5 anos, sendo 42,9 para homens e 48,3 anos para mulheres. A taxa de mortalidade infantil era de cerca de 146,6 óbitos para cada mil nascidos vivos; já em 2020, a taxa foi de 11,5 por mil.

Fonte: Por R7

Mural de Recados - Rádio Cidade