Rádio Cidade FM 91,5

Polícia prende pai que agrediu filho de 10 meses em Palmital



A equipe de investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Palmital (SP), na região de Assis prendeu em flagrante, um pai que teria agredido fisicamente o próprio filho de apenas 10 meses.

Segundo o apurado, uma testemunha compareceu ao Plantão nesta manhã e contou que o pai teria agredido o bebê. Segundo o relato, ele teria arrastado a criança para dentro de um guarda-roupas e colocado um pano em sua boca, com violência suficiente para causar lesões.

A equipe do Conselho Tutelar foi acionada e compareceu à Delegacia depois de prestar atendimento à vítima e fazer o acompanhamento até o Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia, além de confirmar os fatos por já ter atendido a família.

Diante da denúncia, a equipe de investigadores se dirigiu à residência do autor e da vítima, onde autuou o agressor em flagrante e o conduziu até à Delegacia para os procedimentos necessários.

Após ouvir individualmente as partes envolvidas e as testemunhas, o delegado Gustavo Siqueira efetuou a lavratura do auto de prisão em flagrante do pai agressor, acusando-o de praticar lesões corporais qualificadas por violência doméstica, conforme consta no artigo 129 do Código Penal, com pena de detenção prevista entre três e meses e três anos.

No próprio auto de detenção, o delegado fez pedido ao Judiciário para que a prisão em flagrante seja imediatamente convertida em prisão preventiva, para que o autor responda ao processo preso e assim evitar novas agressões contra a criança ou familiares. (Foto: O delegado Gustavo Siqueira e a equipe que trabalhou no caso)

Fonte: www.assisnews.com.br

Mural de Recados - Rádio Cidade