Piloto de avião morre após acidente em fazenda em João Pinheiro



Acidente com aeronave deixa um morto em João Pinheiro — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Acidente com aeronave deixa um morto em João Pinheiro — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

 

Um piloto, de 37 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (24) após uma aeronave pulverizadora cair em uma fazenda, em João Pinheiro.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o monomotor fazia a pulverização de uma lavoura de cana-de-açúcar em uma fazenda do município. O local fica próximo ao km 186 da BR-040.

Posteriormente, o corpo da vítima foi retirado da aeronave pelo Corpo de Bombeiros e entregue para a funerária após autorização da Polícia Civil e Aeronáutica.

A causa do acidente não foi informada e será apurada. Em nota à TV Integração, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que investigadores do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA III) foram acionados e que o acidente será investigado.

 

Em consulta no site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a reportagem checou que a situação de "Aeronavegabilidade da aeronave" é considerada "normal". Conforme a Anac, o documento mostra se todos os requisitos estabelecidos estão regulamentados pelas autoridades do país.

Ainda de acordo com o órgão, a aeronave é de propriedade da Lusa Aviação Agrícola e, segundo os bombeiros, era utilizada pela G5 Agronegócios. A reportagem procurou ambas empresas por telefone, mas não conseguiu contato.

Em um vídeo divulgado à imprensa, o Corpo de Bombeiros, por meio do Tenente Tolentino, explicou sobre a ocorrência registrada. Confira abaixo:

Bombeiro fala sobre acidente com aeronave que deixou um morto em João Pinheiro
Bombeiro fala sobre acidente com aeronave que deixou um morto em João Pinheiro

Nota da FAB

"Com relação aos seus questionamentos, este Centro informa:
Investigadores do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA III), localizado no Rio de Janeiro (RJ), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), foram acionados para realizar a ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-FFD, nesta quarta-feira (24) em João Pinheiro (MG).
Na Ação Inicial os investigadores identificam indícios, fotografam cenas, retiram partes da aeronave para análise, ouvem relatos de testemunhas, reúnem documentos, etc. Não existe um tempo previsto para essa atividade ocorrer, dependendo sempre da complexidade da ocorrência.
O objetivo das investigações realizadas pelo CENIPA é prevenir que novos acidentes com características semelhantes ocorram. A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os fatores contribuintes".

Fonte: Por G1

Mural de Recados - Rádio Cidade